Uma das críticas que se faz ao Roubini é que ele tem errado consistentemente – pois o movimentos das bolsas é sempre na direção oposta às suas previsões.

Primeiro – ele prognosticou a crise imobiliária e suas consequências há muito tempo. Como ela demorou um certo período para acontecer,  neste período o S&P subiu muito até começar a “ruir” em Set 2007.

Mais recentemente – em 2009 – ele afirma que a situação economica nos EUA não está melhorando e indica concretamente os eventos e suas causas.  Contrariamente às previsões do Roubini – dizem os seus críticos – o S&P tem um rally importante a partir de março.

Não tenho procuração para defender o Dr.Doom e nenhum economista. Mas “uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa”. Economista acadêmico é uma coisa, economistas vendedores de papel é outra coisa.

A exuberância irracional é promovida pelos vendedores de papel – aqueles intermediários para os quais o pior mercado é o mercado “flat” pois ele opera sem volume. Bancos e profissionais ganham na medida em que haja “conflito de expectaticvas” e portanto – vendedores e compradores. Neste momento o volume de trading aumenta e eles ganham um “trocado”.

Estes economistas vendedores de papel são midiáticos, falam constantemente no Bloomberg e sabem mexer com os corações e mentes dos “investidores” e especuladores.  É o negócio deles alimentar espectativas fragmentadas.

Sim – concordo ! este é um dos conflitos de interesse que esta crise não conseguiu domar !!!

Quanto mais apanhamos – mais somos iguais !